segunda-feira, dezembro 04, 2006

Certo, Certo...

Realmente coisas interessantes as vezes acontecem, ventos perdidos as vezes nos
levam a lugares longinquos.
Apesar das aparentes inverdades, apesar das totais impossibilidades, as vezes se perdem
algumas coisas.
Continuações que contrariam o desejo, apesar das visíveis indiferenças.
As palavras desconexas, os movimentos as vezes perdidos, os olhares perdidos, os olhares
que se encontram. Nada de clichês, mas domina o pensamento, impossível fugir do
inevitável. Tudo parece querer mudar, mas tenta-se manter o já exposto, prisões morais.
Mas, palavras desconexas nada parecem dizer, só expoem os reais sentimentos, aqueles
que não se perdem. Tentar se esconder parece ser virtualmente inútil. E as loucuras de nada
adiantam em alguns momentos, não quero que tudo se vá como antes. Inevitável se torna o
futuro, pra tentar mudar precisa-se de várias coisas.
Acho que por enquanto isso é o necessário.


"When you were here before
Couldn't look you in the eye
You're just like an angel
Your skin makes me cry
You float like a feather
In a beautiful world
I wish I was special.
You're so fuckin' special

I don't care if it hurts
I wanna have control
I want a perfect body
I want a perfect soul
I want you to notice
When I'm not around
You're so fuckin' special
I wish I was special."

Um comentário:

papel disse...

.. e o vento leva minhas intenções para o mar...