segunda-feira, abril 19, 2010

Camera Obscura


Pode uma música te transportar para um momento de um passado que você nunca viveu?
Sim.
E a banda escocesa Camera Obscura consegue fazer isso.

Melodias suaves, uma linda voz, guitarras limpas, teclados, sopros e cordas.
Tudo isso junto conseguiu melhorar sensivelmente meu início de semana, fazendo com que o buzu lotado não parecesse assim tão ruim, mostrando-me que o mundo nem sempre é tão horrível e que ainda existem pessoas que conseguem fazer coisas realmente bonitas por ai.

Tá, viajei.

Mas então, esse é um dos efeitos que a música feliz e nostálgica do Camera Obscura consegue fazer com você.
Para quem prefere comparações para melhor se situar, cito Belle and Sebastian, The Carpenters, The Concretes e por ai vai...
O som tem aquele jeitão classudo, orgânico, coerente e cria belas atmosferas, coisas típicas de músicas dos anos 60 e 70.

A banda intitula seu som como "twet pop". Sabe lá o quer dizer...
No fim das contas, o importante mesmo é a música, né? E isso o Camera Obscura consegue fazer muito bem.
ALTAMENTE RECOMENDADO!
(Valeu Jair, do Pensamento Ímpar, pela indicação!)

Deixo aqui um clipe deles pra vocês sentirem o gostinho. :)

6 comentários:

Mr. Guima disse...

Pq coisas boas precisam serem compartilhadas com o mundo.
E jamais tomada como se existisse apenas um único dono.

E nessa questão, música é uma das coisas principais...

Estamos ai pra isso.

Cut Souls Forever!

kkk

George Moura tavares disse...

Músicas. Sempre capazes de nos levar a outras estaçõs. Mais, muito mais distante, nos leva a realidades propensas somente ao real imaginável. É isso mesmo meu caro. E aí qual é de fato o nosso mundo real? Qual o mundo que mais nos enche de emoções e satisfações? A dos sonhos (do buzu lotado, das meditações após dois copos de cerveja) ou o da vigília?

Bete Feitosa disse...

uau amor, que descrição!
bem, como você é altamente exigente, pra descrever algo tão forte é porque marcou mesmo! quero ouvir também pra ver se viajo da mesma forma. Nada como algo que possa nos transportar além, para aonde a gente pensa em ir, ou até para aonde a gente nem imaginava que seria capaz que querer estar.
Fico na expectativa agora por esse som, que infelizmente só posso ouvir nas suas super caixas foda!

amo

Bete Feitosa disse...

amor, ouvi aqui o clipe...só tenho algo a dizer... lindo!

suspiro nostálgico total!

parabéns jair!

cut souls!

mari + poesia disse...

Já conhecia e se tiver alguma banda para indicar,só avisar.
Aproveita porque camera obscura tem realmente esse poder mesmo!

Beijos, adorei seu blog.

Digous Senna disse...

Certa vez me disseram que música é poder.
E que a prova disso está quando vemos alguém ou um grupo quando a tocar,atrair milhões de pessoas para vê-los.
A música em si, pode nos mostrar muitas coisas, assim também como nos transportar para um lugar, um mundo, é tudo uma questão de se permitir!