sábado, dezembro 01, 2007

Não deveria se chamar....

Nesses tempos de constante redescoberta de coisas, a muito, de certo modo, não vistas, é bom poder voltar a sentir o peito pulsar dentro de si.
Aprender a olhar nos olhos, sem desviar, entrar, como luz e fazer ver.
Voltar a abraçar, com força, sentir o arfar, sentir a vontade.
Fazer tremer, tirar o ar, perder o chão sob os pés.
Criar as possíveis, até impossíveis, possibilidades.
E errar.
E entender o erro.
E consertar.
Ir.
Sabendo o destino, mas desconhecendo o caminho.
E é isso que traz o prazer, a descoberta.

Um comentário:

Lucena´s girl disse...

Olhos com cílios que possuem luzes nas pontas ;D