quarta-feira, novembro 14, 2007

O mundo parou.





Continua parado e eu aqui, longe do que não posso imaginar.
Lutando pra não entender coisas que não entendo.
Lutando pra não ficar sempre esperando o que não acontece.
Desisitindo de vez dos velhos modos e partindo para o novo paradigma.
É, não adianta tentar compreender do antigo modo, de nada adianta especular.
Vamos andar agora.
Eu quero ir e quero continuar.





O mundo foi.
De novo.

Um comentário:

Paquetá disse...

Quase inacreditável isso aqui. Ao ler essas palavras tão cheias de humanidade, pensei ocmigo mesma: oxe, o que eh que meu texto esta fazendo aqui?rs
Semelhança. é o que isso aqui me transpareceu.
E do outro sofá a outra mesma saudade diz um olá à sua vizinha da frente.